Alô, madrinhas: saibam como escolher o vestido ideal.

Último texto do mês e, pra encerrar nossa série de dicas, hoje vamos falar sobre a escolha dos vestidos das madrinhas de casamento. Antes, convidamos você a ler os artigos que já publicamos em neste início de ano:

 

 

Leia e compartilhe nosso blog com as noivas e noivos que você conhece, porque com certeza há textos aqui que podem ser de grande ajuda. Agora, voltando a falar sobre o vestido das madrinhas, organizamos quatro fatores essenciais que devem ser levados em consideração no processo de escolha.

 

1. Regras e desejos da noiva

Se tem uma regra que deve ser seguida em todas as decisões de um casamento, essa regra é o desejo da noiva. A cerimônia representa a realização de um sonho e, portanto, é normal que a noiva tenha ideias, ressalvas e exigências para que tudo seja perfeito e saia como planejado. Ser convidada para madrinha é considerado uma honra e uma das formas de valorizar esse convite é ouvir a noiva. Saiba como ela imagina a cerimônia, pergunte qual será o estilo do vestido e absorva o máximo de informação possível. Por exemplo: as madrinhas deverão usar a mesma cor? Os vestidos devem ser longos, curtos ou tanto faz? É melhor evitar decotes e estampas?

 

2. Estilo do casamento

O segundo fator que não pode ser deixado de lado é o estilo do casamento. Já escrevemos aqui no blog que é cada vez mais comum vermos casamentos personalizados, onde tradição, inovação e estilos pessoais se misturam. O casamento pode ser clássico e realizado em uma igreja, pode ser moderno e realizado em uma casa ou restaurante, pode mesclar os dois, entre outras possibilidades. Seja como for, fique atenta ao perfil geral da cerimônia para adequar o estilo do seu vestido. Se a cerimônia for tradicional, seu vestido também deve ser, apenas para citar um exemplo.

 

3. Horário do casamento

Outro ponto que também pode afetar MUITO a escolha do vestido perfeito é a hora em que a cerimônia foi marcada. Afinal, os estilos vão variar muito entre casamentos realizados durante o dia, durante a tarde ou à noite, não é mesmo? Para o dia, a indicação é tecidos leves, detalhes delicados e estampas, se a noiva permitir, como dissemos no item 1. Para a tarde, aposte em cores e modelos que mantenham a delicadeza, mas com maior sofisticação. Pense naquelas fotos lindas com o pôr do sol ao fundo, pois isso pode ajudar a visualizar a melhor opção. Por fim, para a noite a variedade tende a ser maior. Dependendo do estilo da cerimônia, surgem as opções de vestidos com mais brilho, detalhes trabalhados e cores marcantes.

 

4. Cores e modelos

Por falar em cores, é preciso destacar que duas cores costumam ser, digamos, polêmicas em casamentos. São elas: preto e vermelho. O preto não é comum porque remete à morte, ao luto e a sentimentos de tristeza que não combinam com a ocasião. O vermelho costuma ser proibido por chamar muita atenção e contrastar de forma intensa com as cores mais comuns. No mais, a não ser que a noiva especifique, não há grandes restrições. Sobre os modelos, a atenção deve ser com relação ao comprimento (vestidos curtíssimos não caem bem), ao tamanho das fendas e decotes. Não são itens proibidos, apenas devemos estar de olho para não exagerar.

 

Pra fechar, queremos ver seu look de madrinha! Poste uma foto no Instagram com a hashtag #MadrinhaCelebri mostrando pra gente os vestidos usados em ocasiões nas quais você foi madrinha. <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *